Liberdade Mudança

Mudar de país pode mesmo ser incrível

Embora dizer “estamos mudando para outro país” possa parecer incrível como uma nova atualização no Facebook, a realidade de uma mudança internacional não se parece exatamente assim. Depois de receber a notícia sobre a mudança, ou de você mesmo ter tomado essa decisão, chega uma hora em que você deve começar a arrumar as malas. Mas, antes de entrar no avião, há uma série de coisas que você deve considerar.

E antes de qualquer coisa, você já deve ter em mente que mover-se para um novo país não é o mesmo que mudar a rua. Este tipo de mudança requer um planejamento prévio e uma tonelada de pesquisa. A mesma mudança pode te expor a experiências e oportunidades que nunca seriam alcançáveis ​​se você permanecesse no mesmo lugar.

Neste momento da minha vida, eu sinto que já passei por alguns processos de mudança e em todos estes processos eu acabava seguindo a mesma sequência de coisas “importantes” a fazer. E essas são as coisas que eu quero mencionar neste artigo.

Pessoalmente, eu acho que ter a oportunidade de viver em outro país é um privilégio. No entanto, não é fácil. Mas com algumas dicas você pode tornar este processo menos difícil.

E se você está se movendo para uma nova oportunidade, especialmente, se estiver mudando para o mesmo destino que eu, a leitura destas dicas poderá te ajudar:

Antes de mais nada, pesquise

Existem inúmeras páginas na internet que se destacam em termos de informação para quem resolve se deslocar para outro país. Se você estiver buscando informações sobre o Peru, eu recomendo que você leia “The Ultimate Peru List”, “Expat Peru” e “Lima Easy”. E, então, busque filtrar o melhor que estas listas têm para oferecer.

Outra dica é que você passe algum tempo lendo sobre a economia peruana. “Gestão” e “Comércio” são os jornais mais circulados em Lima (e também possuem versões online). Esses veículos de comunicação te darão informações atualizadas sobre os diferentes setores econômicos da capital e do país. Esse tipo de leitura pode ter ajudar a tomar certas decisões de investimento, como a de abrir um negócio ou de comprar uma casa.

Também recomendo a leitura de “Lima: a cultural history”, de James Higgins. O livro inclui um breve histórico da cidade, uma descrição da modernização, uma visão geral das casas coloniais e outros monumentos, uma explicação sobre o centro histórico, além de dicas práticas sobre os bairros onde os estrangeiros frequentemente se instalam em Lima (como Surco, San Isidro e Miraflores).

Pesquise. Você se sentirá mais confiante na chegada ao novo destino e terá desenvolvido critérios para conduzir a sua própria análise mais tarde.

Então, conecte-se com as pessoas

Pergunte a qualquer psicólogo, ou mesmo para a sua mãe, para confirmar que uma das melhores maneiras de manter o seu espírito alegre é cercar-se de bons amigos. Isso é especialmente verdadeiro quando nos mudamos para um novo país ou cidade.

Além de dar apoio emocional, os novos amigos poderão ajudar compartilhando as experiências que eles já tiveram antes no mesmo destino, além de dar dicas mais específicas para a sua mudança do que qualquer informação que você poderia encontrar online.

Os grupos do Facebook “Living in Lima – Expat Support” e “Brasileiros em Lima e no Peru” são uma maneira prática de conectar com pessoas que poderiam ajudar no início e até mesmo tornar-se bons amigos mais tarde.

Agora, se você é um empreendedor ou aspira empreender em Lima, também existem grupos orientados para networking ou compartilhamento de ideias de negócios. Vale a pena envolver-se e contribuir nas reuniões organizadas pelo seu grupo de interesse.

Além de comunidades virtuais, no Perú existem grupos onde estrangeiros e peruanos se reúnem para praticar idiomas. Um exemplo é o “Lima Toastmasters”, que pode te ajudar a aprimorar as habilidades de falar em público durante um almoço descontraído. Taí uma oportunidade de praticar o idioma e se tornar esperto em espanhol (caso você ainda não seja).

Lembre-se que até mesmo participar de uma comunidade religiosa pode ser uma oportunidade de aprender e de fazer novos amigos. A igreja Anglicana do Bom Pastor e a própria igreja católica são grandes comunidades que reúnem fieis de todas as origens.

Por fim, dê uma volta e relaxe

Uma das melhores coisas que você pode fazer em sua primeira semana vivendo em um novo destino é passear. Eu não estou falando sobre o clássico passeio turístico, mas sobre uma aventura guiada por você mesmo pelos quatro cantos de uma cidade.

E, se você fizer isso ao chegar em Lima, você aprenderá rápido o que significa viver em uma cidade de 10 milhões de pessoas, e começar a entender como a vida é por aqui.

E dar uma volta pela cidade de Lima não é tão difícil quanto possa parecer. Uma corrida de táxi é relativamente barata (muito menos do que em São Paulo, por exemplo). Você pode negociar um preço previamente e usar a mesma corrida para visitar diferentes lugares no mesmo dia. E se você prefere, poderá fazer o mesmo trajeto usando o transporte público.

Vale dizer que Lima é cheia de museus e locais históricos (alguns muito melhor do que outros). Para um iniciante tentando se orientar, eu gostaria de recomendar três.

O primeiro é o ‘Museo de la Gastronomia’. Não há nenhum outro lugar onde você poderia obter tal entendimento da variedade e riqueza da culinária local. Depois, vá para a Catedral de Lima, para que tenha ideia do importante papel desempenhado pela Igreja Católica na história da cidade. Esses dois locais estão a curta distância um do outro e podem ser visitados no mesmo dia.

Por fim, visite a Huaca Pucllana em Miraflores, uma pirâmide pré-colonial feito de tijolos de barro, que contempla um pequeno museu no local. Esse monumento vai provar a riqueza histórica e cultural da cidade de Lima.

E depois de tantas pesquisas e maneiras de explorar, tente relaxar um pouco. Eu garanto que você vai precisar dessa energia renovada para os dias que seguem.

Por fim, tenha isso em mente: Lima é uma cidade cheia de oportunidades profissionais para quem estiver preparado e repleta de opções de aprendizado e entretenimento para todas as idades. Então, pesquise bem antes de chegar, conecte-se com as pessoas locais e oriente-se sempre. E, claro, quando estiver no seu novo destino, relaxe e aproveite!

Se você for capaz de fazer isso em meio a uma mudança de país, concorda comigo, vai? A sua mudança pode ser tão incrível quanto pensarão os seus amigos no Facebook.

Deixe um comentário