Mais contribuição

30 dicas de carreira que você deveria aplicar antes dos seus 30 anos de idade

Os 20 e poucos anos de idade são um período de descoberta pessoal, quando temos mais disposição para assumir riscos e maiores chances de cometer erros. Naturalmente, o mesmo período é o mais relevante para a formação das nossas carreiras.

Quando saímos da faculdade, podemos até ter uma ideia do “que queremos ser quando crescer”, mas ainda não sabemos nada sobre como chegar lá.

Alguns entre nós chegam a buscar mentores ou a ajuda de especialistas em carreira para ter uma ideia de como começar. Foi o que eu fiz.

E, com base nos aprendizados que eu obtive, aqui estão 30 dicas de carreira que você pode começar a aplicar antes mesmo de completar os seus 30 anos de idade.


Para dominar a sua habilidade de networking

Photo by Kevin Curtis on Unsplash

1. Participe de tantos eventos quanto possível

Há uma expectativa não declarada de que você vá a eventos para apoiar as pessoas. Como resultado, você encontra pessoas  dispostas a ajudar outros profissionais a encontrar um emprego, trocar contatos ou dar conselhos significativos.

A chave é conhecer essas pessoas cara a cara. Em outras palavras, saia das mídias sociais e comece a fazer conexões reais, porque ninguém pode descrever perfeitamente o quão incrível você é por Whatsapp.

2. Estabeleça metas de networking

Antes de participar de qualquer evento, você deve ter uma finalidade clara do por quê você está indo.

Se trata de encontrar o maior número de pessoas para construir sua lista de contatos ou de conhecer uma pessoa em particular?

Certifique-se de cumprir seu objetivo antes que o evento termine.

3. Tenha em mãos os seus cartões de visita

Pense que é mais fácil lembrar de alguém quando as informações de contato estão aí, bem claras.

Além disso, você não pode entregar seu currículo para todas as pessoas que você encontrar, e os cartões de visita podem ajudar um contato a buscar pelo seu perfil mais tarde.

Se você ainda não possui um cartão de visita, crie um que inclua o seu nome, endereço, número de telefone e e-mail, juntamente com links para sites relevantes, como para o seu perfil no LinkedIn ou um site pessoal que exibe seu trabalho ou portfólio.

4. Use o LinkedIn como gerenciador de contatos

As novas pessoas que você conhece podem facilmente se perder em meio a centenas de contatos no seu catálogo de endereços de e-mail e nas suas várias contas das mídias sociais.

O LinkedIn pode facilitar tudo, já que neste canal você pode buscar facilmente o contato adicionado, analisar o seu perfil e até iniciar uma conversa imediata.

5. Ofereça a resposta perfeita para “o que você faz?”

Ao responder a esta pergunta, você deve encorajar uma conversa em vez de fechá-la.

Em vez de dizer apenas “eu sou um consultor de imagem”, diga “eu ajudo profissionais a melhorar sua visibilidade, imagem e desempenho no local de trabalho”. Dessa forma, você pode despertar a curiosidade e iniciar uma conversa.

6. Deixe claro como você deseja manter contato

Ao conhecer novas pessoas, informe sobre como você planeja manter-se conectado, seja através do LinkedIn ou enviando um e-mail para agendar um almoço.

A falta de contato depois de criar uma nova conexão é o mesmo que jogar todo esse trabalho no lixo.

[RELACIONADO] 6 coisas que você deveria saber antes de ingressar no mercado de trabalho


Para encontrar a oportunidade certa

Photo by Oliver Thomas Klein on Unsplash

7. Crie uma presença online consistente

É provável que os empregadores verifiquem as mídias sociais, a sua página web e outros meios ao pesquisarem potenciais candidatos. Isso significa que você deve ter cuidado com o tipo de conteúdo publicado nestes canais.

Se você não deseja remover suas fotos do verão passado, certifique-se de redefinir as suas configurações de privacidade.

8. Crie um currículo com extensões

Para se destacar da competição, listar suas atividades extracurriculares em um pedaço de papel já não é o suficiente.

Veja que adicionar seu trabalho voluntário ao seu currículo não transcreve a experiência. Em vez disso, coloque imagens de você trabalhando como voluntário. Você também pode adicioná-las como links para um site com o seu currículo pessoal.

9. Explore o seu campo de trabalho

Embora você possa estar morrendo de vontade de começar um novo trabalho, não foque em apenas uma empresa ou oportunidade.

Na verdade, lidar com várias oportunidades é a melhor maneira de torná-lo mais atraente para gerentes de contratação.

Quer dizer que você pode ser franco sobre o fato de que tem escolhas. E, uma vez que uma empresa faz uma oferta, a última coisa que ela quer é que você não apareça para o trabalho.


Para mandar bem nas entrevistas

Photo by Nik MacMillan on Unsplash

10. Aborde o recepcionista com gentileza

Essa pessoa provavelmente tem mais influência no escritório do que você pensa. Ser rude com ela pode queimar pontes e destruir as suas chances de conseguir uma oferta.

11. Venha armado com perguntas

A chave para conseguir um emprego é entrevistar o entrevistador. Pense que você está em uma missão de buscar fatos, onde você deve juntar tantas pistas sobre a cultura da empresa e sobre as expectativas do trabalho quanto possível.

Perguntas permitem que o entrevistador saiba como você pensa e como você é intelectual. Pense nisso como um jogo de xadrez mental. Os entrevistadores podem não admitir isso, mas eles querem que você questione.

12. Domine o aperto de mãos

Aqui está uma dica: não deve ser fraco nem forte demais.

Não subestime a importância de um firme aperto de mãos, olhando nos olhos do entrevistador.


Para dominar novas habilidades

Photo by Štefan Štefančík on Unsplash

13. Aprenda a vender

Mesmo que você nunca trabalhe na área de vendas, manter uma posição de vendas em algum momento de sua carreira pode ensinar-lhe lições valiosas.

Ao vender, você pode ser rejeitado uma e outra vez, mas aprenderá a perseverar e descobrirá como ser bem-sucedido.

Além disso, se você percebe ou não, você está realmente vendendo-se o tempo todo. Você precisa se vender às empresas, para conseguir empregos, e aos colegas e chefes para vender as suas ideias e ganhar suas respectivas promoções.

14. Domine a arte da improvisação

Improvisar pode ajudá-lo a desenvolver a sua capacidade de ouvir mais atentamente, construir os seus pensamentos sobre os pensamentos dos outros, resolver problemas criativamente e se sentir confortável com o risco ou o fracasso.

15. Aprenda as regras de etiqueta

Muitas reuniões ocorrem durante almoços e é importante conhecer o básico. Saiba como fazer um pedido, que garfo e faca usar e como pagar a conta. Seu conforto com o básico irá aliviar os seus nervos, além de fazer com que você pareça mais polido.

Se você não possui habilidades de etiqueta, esse pode ser um ponto negativo com clientes ou empregadores.

16. Aprenda o HTML básico

Millennials têm crédito por serem “nativos digitais”. Mas saber como navegar na web, ou, simplesmente, enviar e-mails, usar o Twitter e fazer upload de vídeos não significa muito.

Você não precisa saber como escrever software ou criar um site a partir de HTML, mas precisa saber o suficiente para entender como trabalhar e estar à frente da maioria.

17. Saia do país

Passar algum tempo no exterior — mesmo que seja apenas para passear — é uma boa ideia em uma economia cada vez mais global.

Através de uma viajem internacional, você pode obter uma visão surpreendentemente ampla do mundo e, talvez, até encontrar novas oportunidades de trabalho.

18. Adote uma causa em que você acredita

Isso pode ajudar a mostrar confiança e valor para os potenciais empregadores. O voluntariado demonstra que você se preocupa com algo mais profundo do que a sua rotina diária.

Mas não se junte com uma organização sem fins lucrativos apenas para conhecer pessoas ou porque isso parece ser bom em seu currículo. Junte-se a uma causa para realmente ajudar os outros.

19. Esteja disposto a investir em si mesmo

Sua carreira pode ser o seu maior trunfo, por isso exigirá algum investimento financeiro.

Não tenha medo de investir em uma biblioteca de livros, em almoços com pessoas influentes, ou em cursos para construir uma base para a sua carreira.

[RELACIONADO] 4 habilidades necessárias para ajudá-lo a se tornar um líder 


Para aplicar em sua rotina de trabalho

Photo by rawpixel.com on Unsplash

20. Evite as fofocas do escritório

Esse conselho é especialmente importante nos primeiros seis meses em um novo emprego. A última coisa que você precisa é estar alinhado com alguém que está saindo.

Seja rápido para trabalhar duro e lento para formar “panelinhas” de fofoca no escritório.

21. Ria das piadas do chefe

Você não vai amar todos com quem você trabalha, mas terá que lidar com eles. Além disso, rir das piadas deles pode ser ótimo para criar vínculos com profissionais de níveis superiores.

22. Faça amigos de alto escalão 

Aprenda com os executivos sêniors. Converse com eles no elevador; procure-os nos eventos empresariais; faça-lhes perguntas inteligentes e nunca tenha medo de pedir ajuda.

Você nunca sabe quando esse executivo pode estar disposto a atuar como seu mentor ou patrocinador.

23. Saiba quando manter a calma

Se você estiver em uma reunião, tome notas para perguntas que você pode levantar depois.

Se você estiver numa conversa, entenda o significado, mas não interrompa. Há momentos para afirmar suas opiniões e momentos em que é melhor ficar quieto.

Quem está apenas começando em suas carreiras precisa aprender tudo sobre o negócio, seus clientes e seus colegas de trabalho. No entanto, enquanto você está falando, você raramente aprende algo a mais do que você já sabe.

24. Teste sua zona de conforto

Faça tarefas que estão fora da descrição do seu trabalho. Dessa forma, você descobrirá maneiras criativas de cumprir seus objetivos e se forçará a aprender muito com tempo limitado. Isso também pode lhe render uma promoção.

25. Vá em frente — dê más notícias ao seu chefe

Pode ser tentador se esconder para evitar as consequências de um erro no local de trabalho, mas isso raramente funciona a seu favor.

A proatividade e a disposição para assumir o próprio erro são fundamentais para o sucesso profissional, enquanto saber como lidar com o bem e o mal é um sinal de maturidade.

26. Mantenha uma paixão além do próprio trabalho

Nem sempre é possível se manter apaixonado pelo seu trabalho, mas todos podem seguir desenvolvendo uma paixão fora do escritório. Essa paixão, eventualmente, poderia tornar-se rentável.

Bônus: com a sua paixão, você pode aprender novas habilidades que podem ser aplicadas em seu trabalho atual.

[RELACIONADO] 7 razões que explicam por que ser demitido pode ser uma coisa boa


Para crescer na carreira

Photo by Jonathan Daniels on Unsplash

27. Tenha uma expectativa salarial

Antes de fornecer suas expectativas de salário ou aceitar uma oferta de emprego, faça a sua lição de casa para garantir que você não esteja pedindo demais ou muito pouco.

28. Aprenda a comunicar-se

Quanto mais você pratica isso, mais confortável você se torna e mais você poderá ganhar ao longo do tempo.

Ao comunicar-se bem, você irá defender-se por si mesmo e ter melhores chances de negociar salários ou posições em sua carreira.

29. Traga resultados

Se você deseja um aumento de salário ou uma promoção, você precisa mostrar ao seu chefe por que você merece isso. Se você pode atribuir um valor pelos resultados que apresentar, melhor ainda. Números não mentem.

30. Saiba onde você quer chegar

Esse é o primeiro ponto que você deveria ter em mente. Eu apenas deixei para o final porque reconheço que os primeiros anos de qualquer carreira servem para definir a nossa trajetória, o que poderia nos levar para diferentes destinos.

Quero dizer, se você ainda não sabe o que vai ser quando crescer ou onde você quer chegar, tudo bem. Os 30 e poucos anos de idade poderão te ajudar com esta resposta.

Você já chegou em seus 30 e sente que a sua carreira não está tomando o rumo que você planejou? O que poderia ser acrescentado a esta lista? Comente logo abaixo!

Deixe um comentário