Mais amigos reais

6 comportamentos que estão expulsando as pessoas do seu lado

Enquanto as pessoas que permanecem em nossas vidas sempre nos aceitarão por quem somos, há alguns comportamentos que demonstramos que dificultam isso. Embora uma agenda lotada, com prioridades em constante mudança, seja o motivo típico para um relacionamento tenso, os nossos comportamentos negativos sobre essas relações explicam o nosso crescente distenciamento com as pessoas.

De sempre acusar as pessoas e excluí-las de seus planos, para queixar-se constantemente sobre a vida para elas, os seus comportamentos tóxicos afastam todos ao seu redor Você até pode culpar as suas conexões perdidas por outros motivos, mas a verdade é que mesmo os relacionamentos mais fortes sofrem com a forma que você pode estar se comportando.

Apesar da culpa que você pode sentir ao olhar para suas ações passadas, lembre-se de que essas falhas são o que o torna humano, e que a sua capacidade de aceitá-las é o que o torna excepcional.

Para assumir o controle de seus relacionamentos e tomar consciência de seus comportamentos potencialmente negativos sobre eles, descubra quais são os seis comportamentos que estão afastando as pessoas de você.

1. Tomar tudo pessoalmente

A vida é difícil e tomar tudo o que acontece pessoalmente tornará tudo ainda mais difícil. Esse comportamento tende a assumir que o seu valor como indivíduo se baseia em como uma situação acaba.

Quando o seu chefe atribui a outro colega de trabalho a tarefa que você queria realizar, você até pode pensar que não é um bom trabalhador. Quando o seu amigo pede conselhos para outras pessoas, em vez de pedir a você, isso poderia significar que você não é um amigo confiável. Que grande engano o seu!

Além de ser destrutivo para o relacionamento, pensamentos assim também prejudicam a sua autoestima. As coisas que acontecem com você não são um reflexo direto de você, e confiar nas ações dos outros para decidir seu valor é a chave para a infelicidade. Lembre-se — você é a única pessoa no poder de seus pensamentos e deve ser o único a protegê-los.

Como mudar esse comportamento:
  • Evite saltar para conclusões;
  • Dê um passo atrás e considere quem você é;
  • Tente ver a situação a partir da perspectiva da outra pessoa; e
  • Se o problema precisa ser confrontado, prepare-se de antemão e aproxime-o com a mente limpa.

2. Ser ciumento de forma descontrolada

Um pouco de ciúmes é saudável para qualquer relacionamento. Mas, enquanto uma medida controlada de ciúme pode incentivar as pessoas a se tornarem melhores, o ciúme descontrolado é a razão pela qual elas se afastam.

É natural que todos queiram pessoas que nos apoiem em nossas vidas.

No entanto, se você sente ciúmes do seu primo que acaba de ser aceito em um programa de MBA internacional, ou está enciumado por que a vida amorosa da sua melhor amiga é definitivamente melhor do que a sua, tome cuidado.

Esse tipo de ciúmes — que também chamamos de inveja — acabará afastando essas pessoas da sua vida.

Como mudar esse comportamento:
  • Seja honesto consigo mesmo e considere de onde o seu ciúme decorre;
  • Crie uma lista de coisas em sua vida sobre as quais você se sente grato;
  • Transforme o seu ciúme em combustível para melhorar como pessoa; e
  • Entre em contato com alguém confiável para discutir sobre os seus sentimentos.

[RELACIONADO] Por que a nossa geração tem medo de vencer

3. Necessidade de validação constante

Semelhante a tomar as coisas pessoalmente, o problema com a necessidade de validação constante é que, mais uma vez, esse comportamento permite que outra pessoa defina o quão valioso pensamos que somos.

Photo by rawpixel.com on Unsplash

Quanto mais você depende de outras pessoas para sentir-se válido, mais difícil torna-se encontrar seu senso de si mesmo.

Embora a forma como somos percebidos pelos outros possa te atingir, o seu bem-estar não deve ser baseado na sua reputação, e a quantidade de “curtidas” e comentários que você recebe em sua publicação mais recente nas mídias sociais não provam como você realmente é amado.

O seu desejo de sentir-se aceito e amado depende de como você se sente sobre si mesmo — ao invés de como você acha que outras pessoas se sentem.

Como mudar esse comportamento:
  • Faça um esforço para crescer como pessoa — desconecte-se do mundo virtual, domine uma nova habilidade, etc;
  • Concentre-se nas tarefas que são importantes para você — em vez das que servem apenas para buscar aprovação; e
  • Reconheça quando você depende dos outros para autovalidar-se e elimine esses pensamentos tóxicos.

4. Não aceitar críticas construtivas

Não somos perfeitos, e é isso que nos torna humanos. Com a dor de reconhecer as nossas falhas surge a força que nos faz alcançar o que queremos.

Embora existam pessoas que não têm problema em receber críticas, você pode acabar sendo incapaz de sentir-se criticado.

Ao se recusar a aceitar críticas, você não só impede seu potencial de melhorar como pessoa, mas também pode, involuntariamente, fazer as pessoas se sentirem como se tivessem que caminhar sobre cascas de ovo ao seu redor.

No geral, o sucesso de cada tipo de relacionamento que você possui depende das suas habilidades de comunicação e da sua vontade de aceitar críticas, sejam positivas ou negativas.

Como mudar esse comportamento:
  • Perceba que a crítica pode ser bem intencionada e que quem o critica está tentando ser útil;
  • Considere toda a situação e o contexto da conversa antes de reagir defensivamente;
  • Esteja atento à sua própria linguagem corporal enquanto você recebe críticas; e
  • Realmente escute o que está sendo dito, considerando se as mudanças devem ser feitas.

[RELACIONADO] Querido millennial — sinto muito, mas você não é especial

5. Atuar sempre como a vítima

Ao fazer desculpas para não candidatar-se a um emprego, ou ter uma série de razões pelas quais apenas as pessoas erradas estão em sua vida, as suas queixas o enfraquecem, a ponto de impedí-lo de mudar a sua situação atual.

Photo by James Sutton on Unsplash

Se esse cenário parecer familiar para você, a sua tendência de agir como vítima pode ser a razão pela qual você sempre se sente como uma.

Embora existam muitos aspectos de nossas vidas que não podemos controlar, a atitude negativa e desamparada que você tem é o que está controlando a sua capacidade de agir e avançar.

Como mudar esse comportamento:
  • Permita-se sentir-se triste ou sobrecarregado, e então faça algo sobre isso;
  • Pare de culpar os outros pelos seus próprios fracassos; e
  • Acredite que você pode tomar medidas para corrigir a situação.

6. Falar sobre os outros nas costas

As pessoas positivas que você espera ter em sua vida não sentem prazer em falar negativamente de outras pessoas, e você também não deveria. Claro que vocês precisam conversar sobre algo, mas o motivo da conversa não precisa girar em torno dos outros, muito menos, das opiniões de julgamento na tentativa de se sentir melhor sobre si mesmo.

Ao se concentrar em seus próprios objetivos e aplaudir àqueles que estão fazendo o mesmo, logo você percebe que não tem tempo para fofocar sobre o que os outros estão fazendo — você estará ocupado tornando-se uma pessoa melhor.

Como mudar esse comportamento:
  • Fique quieto ou declare que você não está interessado em fofocar;
  • Se você chegar a ouvir uma fofoca, declare o seu desinteresse pelo tema; e
  • Diga algo agradável sobre o assunto das fofocas, em vez de participar dela.

Com qual desses comportamentos você se relaciona mais? Em que você vai tentar trabalhar primeiro?

Deixe um comentário