Mais liberdade

6 maneiras de ter melhores resultados em suas finanças pessoais neste ano

Todos nós temos aquele amigo que saber lidar com finanças pessoais mais do que a maioria das pessoas. Aparentemente, ele é o único que sabe quanto dinheiro possui no banco, ele nunca espera pelo dia de pagamento e, de alguma forma, ele sabe explicar perfeitamente o que significa diversificar seus investimentos.

Este tipo de domínio financeiro não acontece por acaso — é preciso, no mínimo, esforço e foco. A boa notícia é que podemos aprender rapidamente sobre as estratégias usadas pelo nosso amigo financeiramente inteligente.

Veja aqui seis maneiras fáceis de fazer isso e então obter os melhores resultados para as suas finanças pessoais em 2018:

1. Economizar para a sua aposentadoria

O investimento para a aposentadoria pode ser incrívelmente compensador graças aos juros compostos. Não sabe do que eu falo? Uma pesquisa rápida no Google te dará uma resposta (ou melhor, mais de 650.000 respostas!).

Quer dizer que quanto mais cedo você começar a investir nisso mais o seu futuro financeiro poderá te agradecer.

Vale notar que os fundos de investimento que você usou quando começou a sua carreira provavelmente mudarão ao longo do tempo, pois você terá investimentos menos arriscados perto da aposentadoria. Por isso, também é importante desempenhar um papel ativo na gestão dos seus investimentos de aposentadoria à medida que eles começam a crescer.

Faça da sua rotina financeira mensal rever essas declarações de investimento para saber o que esperar no momento em que você estiver pronto para largar tudo e simplesmente desfrutar dos seus dias de sombra e àgua fresca.

Photo by rawpixel.com on Unsplash

 2. Revisar o seu orçamento todas as semanas

Embora pareça fácil sentar-se sozinho uma vez ao ano para revisar o seu orçamento, as pessoas mais inteligentes financeiramente tornam o orçamento para parte de sua rotina diária.

Assim também, tente ver os saldos da sua conta diariamente ou, pelo menos, mensalmente.

Saiba exatamente como e onde o seu dinheiro é gasto, além de revisar os seus objetivos de poupança. É muito mais fácil corrigir metas financeiras quando você examina esses indicadores de forma rotineira.

[RELACIONADO] Se você acha que está gastando demais, evite essas armadilhas diárias

Para fazer isso, saiba exatamente qual é a sua renda e anote todos os seus gastos. Depois veja como esses gastos impactam os seus objetivos de poupança e investimentos de longo prazo.

Existe uma infinidade de aplicativos, como o Expenses OK, que tornam essa tarefa extremamente simples. Basta escolher o que funciona para você e então manter o hábito de registrar tudo.

3. Criar um plano para pagar as dívidas

É comum iniciar a vida adulta com dívidas, por isso ter um plano para eliminá-las deve ser uma prioridade nessa etapa. Tenha em mente que esse plano funcionará melhor se você pagar as dívidas que cobram as maiores taxas de juros primeiro.

Seja qual for o seu plano para livrar-se de todas as suas dívidas, tenha o hábito de rever as suas responsabilidades financeiras e estar atendo às taxas de juros variáveis ​​mensalmente.

Se possível, tente pagar dívidas em pagamentos mais frequentes do que você faria uma vez ao mês. A vantagem? Sempre que você fizer um pagamento antecipado, você também pode negociar a diminuição dos juros a longo prazo.

Fique atento à isso, porque algumas instituições financeiras permitem que você divida sua hipoteca em dois pagamentos mensais, reduzindo a quantidade de juros que você pagará ao longo do empréstimo.

4. Manter o seu estilo de vida simples

As pessoas mais inteligentes sobre o dinheiro são aquelas que sempre parecem ter uma capacidade admirável de adiar a gratificação intantânea quando se trata de comprar coisas, seja um novo par de sapatos ou um carro mais moderno.

Gastar com coisas triviais pode ser natural quando você começa a ganhar um pouco mais de dinheiro. No entanto, esses pequenos ajustes no seu estilo de vida podem se somar a longo prazo e comprometer a sua segurança financeira.

Seja consciente disso, e do quanto se pode ter uma vida boa com mais simplicidade, antes de correr para a próxima “liquidação imperdível”.

[RELACIONADO] 6 passos fáceis para tornar a sua vida mais simples

5. Conhecer o seu patrimônio líquido

Pessoas financeiramente inteligentes sabem exatamente como está a sua saúde financeira — em outras palavras, o seu patrimônio líquido. Embora não seja a única coisa que importa, esse conhecimento é uma das maneiras de verificar o seu progresso em direção a metas financeiras pessoais.

Se você quer comprar uma casa ou está se preparando para aposentadoria, é fundamental saber se você está ajustando suas economias aos ativos certos, e também que os saldos de uma dívida eventual não estão destruindo o quadro geral.

Para calcular o seu patrimônio líquido, basta somar os seus ativos e subtrair os seus passivos. Alguns minutos gastos nesse cálculo, todos os meses, podem ajudá-lo a obter uma visão precisa da sua imagem financeira geral.

Photo by rawpixel.com on Unsplash

A maneira mais fácil de fazer isso é com uma lista de todos os ativos físicos que você possui (pense na sua casa ou outros objetos de valor), bem como quaisquer ativos financeiros (como o dinheiro em seu banco e as contas de aposentadoria).

O próximo passo é adicionar toda a sua dívida (financiamentos, por exemplo) e subtraí-los de seus ativos.

O resultado é o seu patrimônio líquido.

6. Investir mais em si mesmo

Com todo esse dinheiro que guardamos deixando de comprar um par de sapatos extras ou um carro novo, por que não investir mais em nós mesmos?

Isso pode significar tomar algumas classes, comprar livros e dedicar algum tempo para o seu desenvolvimento pessoal.

Tomar apenas alguns minutos por dia para aprender algo novo ou ter uma conversa com o seu mentor para falar sobre metas de carreira pode contribuir. Melhor ainda se esse tempo for investido aumentando a sua inteligência financeira.

Não faltam cursos, literatura e nem ótimos artigos na internet para instruir sobre opções de investimentos ideais para o seu perfil de investidor, ou de dicas para poupar dinheiro enquanto você mantém a sua qualidade de vida.

Aprenda a buscar as informações no lugar certo e desfrute da liberdade financeira que você é capaz de conquistar!

[RELACIONADO] Como a nossa geração está redefinindo o sucesso

Quais são seus hábitos financeiros? O que você poderia acrescentar à essa lista? Compartilhe nos comentários abaixo.

Deixe um comentário