Mais contribuição

Esqueça a pirâmide de Maslow — estas são as nossas reais necessidades

Por que ouvimos dizer que millennials estão comendo demais ou gastando demais? Por que indivíduos, não apenas em nossa geração, recorrem a conflitos ou a violência? Por que vemos tantas pessoas consumindo drogas, ou mesmo tirando as suas próprias vidas? Por que as mesmas pessoas desejam atenção ou anseiam por amor?

Seja lá o que estivermos fazendo, sempre achamos que temos um motivo. No entanto, nem sempre sabemos qual é esse motivo, pelo menos, não conscientemente.

Na verdade, muitas vezes, as pessoas agem e se comportam de maneiras que podem parecer irracionais e inexplicáveis.

E há um milhão de histórias de por quê as pessoas fazem o que fazem. Mas todas essas histórias giram em torno de apenas seis principais forças, necessidades ou motivações.

Essas necessidades são fundamentais para cada pessoa. Não importa em que país você esteja, qual seja o seu status socioeconômico, não importa qual seja a sua raça, religião, cor ou crenças; não importa quais sejam seus objetivos, desejos, valores, moral ou sonhos — todos compartilhamos essas mesmas necessidades.

Uma vez que você começar a entender essas necessidades, você entenderá por que você age de determinada maneira em diferentes circunstâncias. Essa consciência é um passo chave para fazer uma mudança fundamental na sua vida, para que você possa superar os obstáculos e abraçar as oportunidades, para, finalmente, encontrar a sua realização absoluta.

A primeira necessidade que temos é a de certeza

Certeza é a necessidade de evitar a dor e, idealmente, ter algum conforto.

É por isso que a certeza é a nossa necessidade mais básica — se trata um mecanismo de sobrevivência.

Queremos certeza de que vamos funcionar em nossas vidas.

Você já esteve em uma situação em que você se sentiu incerto sobre algo que era realmente importante, como a sua saúde ou a saúde de um ente querido?

Que tal a incerteza sobre o seu trabalho ou se você vai ganhar dinheiro suficiente para se aposentar algum dia?

Quando nossa certeza está ameaçada, é difícil pensar com clareza. Quando não temos certeza de algo que importa, nada mais funciona.

Embora todos tentamos encontrar certeza, todos agimos de forma diferente. Algumas pessoas têm certeza ao estabelecer uma rotina. Alguns conseguem diminuir suas expectativas e dizer: “Eu nunca conseguirei o que eu quero”. Outros têm certeza tentando controlar tudo e todos. E outros ainda conseguem sua certeza através da fé e da oração.

Cada pessoa tem sua própria maneira de atender a essa necessidade básica.

A questão é: você está cumprindo sua necessidade de certeza de forma que está o capacitando ou o desmotivando?

Depois da certeza, buscamos variedade

O problema com a certeza é que, uma vez que a temos em todos os aspectos de nossas vidas, nos aborrecemos. Nossa paixão pela vida em si é encontrada no domínio da incerteza ou da variedade.

x-10

Precisamos de surpresas em nossas vidas, porque é isso que nos ajuda a crescer.

Assim como com a nossa necessidade de certeza, todos nos esforçamos para atender a nossa necessidade de variedade de maneiras que são boas, neutras e ruins.

Algumas pessoas buscam variedade consumindo drogas; outras irão comer demais. Algumas podem tentar esportes radicais; outras podem obter variedade por meio de uma nova conversa ou estabelecendo um novo objetivo. E ainda, outras obtêm um senso de variedade por terem um grande problema para resolver. Há um milhão de maneiras de obter variedade.

A questão é: a variedade que você obtém está o ajudando ou machucando?

A terceira necessidade é a de significância

Todos nós temos a necessidade de sentir que nossas vidas são significativas — que somos  importantes, únicos e de alguma forma especiais.

[RELACIONADO] Querido millennial — sinto muito, mas você não é especial

Em um relacionamento íntimo, se seu parceiro começar a pensar que algo ou alguém é mais importante do que ele para você, isso poderá gerar um conflito na relação.

Fora de um relacionamento íntimo, existem formas ilimitadas para que as pessoas possam se sentir significativas. E essas formas podem ser produtivas, neutras ou destrutivas.

Por exemplo, se você atender a sua necessidade de significado doando-se mais do que qualquer outra pessoa — fazendo a diferença no mundo — não há desvantagem nisso, apenas o contrário.

Apoiar a quem precisa também reflete significância.

E quanto a quem recorre à violência? Quando alguém aponta uma arma para você, quão significativa essa pessoa se torna agora?

A violência é a maneira mais rápida e barata de obter um sentimento de significado. Infelizmente, ela destrói a pessoa que a usa e as vítimas envolvidas.

Então, como você obtém a sua necessidade de significância?

Você trabalha mais do que qualquer outra pessoa? Você conhece mais sobre esportes do que qualquer outra pessoa? Você se veste de forma autêntica, ou tem mais piercings ou tatuagens do que ninguém? Você compra certas marcas? Você possui um carro de luxo? Você tem mais educação e mais diplomas do que qualquer outra pessoa?

Há um milhão de maneiras de ser significativo. Qual é a sua?

Também necessitamos de amor e de conexão

O problema com a necessidade de significância é que você precisa ser diferente de todos os outros. Da mesma forma que a necessidade de certeza revela a necessidade de variedade, a necessidade de significância revela a necessidade de amor e de conexão.

As pessoas encontram conexão através da amizade, do esporte ou da comunidade. Outras pessoas obtém o mesmo através de animais de estimação ou da arte. Alguns podem usar a meditação ou estar na natureza. Alguns podem obter o mesmo através de sua fé e oração.

As pessoas também encontram conexão através do sexo, mesmo quando não o ato não tenha outro sentido. Alguns conseguem conexão quando ficam doentes, porque outros irão atendê-los.

Alguns conseguem conexão criando problemas. Por exemplo, se você não prestar atenção a uma criança por nada de bom, ela fará algo ruim para chamar a atenção e ver que você se importa. Os adultos fazem o mesmo, muitas vezes, de maneira mais dramática.

A conexão é resultado do amor.

Agora, e o amor?

A maioria das pessoas se contenta com a conexão porque o amor é difícil demais de ser mantido. Mas, a conexão é como migalhas quando comparada ao amor. O verdadeiro amor é alegria absoluta, conforto e paixão.

Na escala de 0 a 10, amor é um 10. Onde você está nesta escala?

Crescimento e contribuição são igualmente relevantes

As primeiras quatro necessidades são críticas. Você sempre encontrará uma maneira de atender a cada uma destas necessidades, mas, sozinhas, elas não o deixarão satisfeito.

Se você realmente deseja ser realizado, então você deve atender às suas duas últimas necessidades. Estas são as necessidades do seu espírito — não sendo necessariamente religiosas.

[RELACIONADO] Você está pronto para viver mais de 100 anos?

Se você não está crescendo, você está morrendo. Se o seu relacionamento não está crescendo, está morrendo. Se o seu negócio não está crescendo, está morrendo.

Faça uma avaliação honesta de sua vida e pergunte-se onde você está crescendo e como isso o faz sentir? Qual área em sua vida está morrendo e como isso o faz sentir?

A contribuição dará mais significado para a sua vida.

Quando sabemos contribuir, vivemos em um mundo de abundância e compaixão.

Quando é a última vez que você contribuiu para outra pessoa ou uma causa que vai além dos seus próprios interesses? Como isso o fez sentir?

Se todos nós temos as mesmas necessidades, por que nos comportamos de forma diferente?

Primeiro, não valorizamos as seis necessidades nas mesmas proporções. Alguns têm a certeza como a sua principal necessidade. Alguns terão amor e conexão. Outros podem ter o significado. Mas, o que for prioridade para você vai mudar a maneira como você vive sua vida.

Em segundo lugar, mesmo que duas pessoas sejam impulsionadas pela necessidade de certeza, a maneira de obter uma certeza de uma pessoa será diferente da outra. Talvez as regras de uma pessoa para encontrar certeza são de trabalhar 20 horas por dia, enquanto outro pode ter certeza ao fazer tudo errado.

Por que alguém tomaria essa rota?

Parece contraintuitivo, mas as pessoas realmente vão destruir seus sonhos e até mesmo quebrar seus próprios valores para atender às próprias necessidades. Esta é a razão pela qual uma pessoa honesta pode mentir — porque ela valoriza suas necessidades mais do que a sua moral.

Compreender isso é uma parte fundamental da aprendizagem de como ter mais compaixão com você mesmo e com os outros.

Agora que você compreende as seis necessidades humanas e como elas dirigem seu comportamento, faça este questionamento para descobrir quais são suas duas principais necessidades:

“O que está no topo da sua lista e como você está atendendo a essa necessidade?”

A necessidade humana no topo da sua lista determina sua direção, e a sua direção determina o seu destino final. Se você for capaz de provocar mudanças positivas neste momento, especialmente, porque eu suponho que você ainda seja muito jovem, você pode transformar toda a sua vida.

Que tal iniciarmos uma discussão sobre este tópico nos comentários abaixo?

2 comments

Deixe um comentário