Mais aprendizado

Por que eu já não tenho medo de chegar aos 30 — e você também não deveria

Eu esperei a vida toda para chegar aos 25 anos de idade no dia 25 de março de 2016. Era como se esse dia tivesse que ser um marco para as minhas conquistas. Eu esperava estar bem colocada profissionalmente, recebendo um salário admirável, ter criado a minha própria fundação social, etc — mas nada disso realmente aconteceu.

Incrivelmente, se passaram mais dois anos deste então.

Tantas coisas boas aconteceram, mas parece que eu estava tão cega pelo medo e ansiedade de não ter conquistado o que eu planejava que eu não podia ver todas as oportunidades que surgiam. Ao mesmo tempo, eu sinto que o rumo diferente que a minha vida tomou tem me ensinado uma lição — eu aprendi a desfrutar do inesperado.

Enquanto eu olho para os três anos que ainda faltam para os meus 30, tudo o que eu quero é desfrutar mais.

Enquanto isso, eu convido todos vocês que ainda estão nos seus 20 e poucos a desafiarem os seus próprios medos e ansiedades sobre os seus planos futuros.

A seguir estão os meus motivos para deixar de temer a chegada dos 30.

1. Os 20 e poucos são complicados

Lembra quando você tinha 17 anos e esperava ansiosamente pelo próximo aniversário, apenas para dizer oficialmente que você já não era um adolescente?

Pois bem, devemos ter o mesmo sentimento sobre os últimos anos dos nossos 20 e poucos. A razão?

Aos 20 e poucos anos de idade, você é um jovem com muito mais responsabilidades e, durante este período da sua vida, você provavelmente descobrirá quem acabará se tornando — isso por si só é extremamente complicado.

Embora eu não esteja dizendo que as complexidades da vida não existirão nos seus 30, quando chegar lá, você (e eu) provavelmente terá uma compreensão mais clara de quem você é como pessoa.

A dor e a falta de direção que você experimentou em seus 20 e poucos anos permitirão que você cresça.

Sim, você pode perder alguns amigos e pode até ter que dizer “não” com mais frequência, mas esse tipo de coisas fará com que você aproveite a vida ao máximo.

[RELACIONADO] 10 lições que eu aprendi aos 20 e poucos anos de idade

2. Envelhecer é um privilégio

Você não tem garantia nenhuma de que chegará a envelhecer. Cada dia é um presente e quanto mais você espera para chegar o outro ano, menos provável será que você possa apreciar cada minuto que você tem em sua vida.

Photo by Johannes Wredenmark on Unsplash

Apenas tente pensar em seus 30 como um novo capítulo em sua história.

Anote o que você espera realizar, quais características você gostaria de mudar e como você deseja ser caso envelheça.

Provavelmente, durante a próxima década você se tornará mais sábio, mais empático e mais aventureiro com seu tempo, amigos, família e com você mesmo.

3. Eu sei que nada é perfeito e tudo bem

Aos nossos 20 e poucos anos de idade tentamos ser perfeitos e fazer tudo. Pretendemos ser vistos na nossa melhor versão e resistimos em admitir as nossas derrotas.

No entanto, uma vez que começamos a nos aproximar dos 30, tudo isso passa a ser visto com outros olhos.

Se a sua melhor amiga a convida para sair depois das 21:00 na sexta-feira?

Impossível. O seu filho está com febre e o seu marido dificilmente concordaria em ficar em casa sozinho com a criança.

Você então cai na realidade e reconhece que a vida está tomando um rumo e isso indica que você provavelmente terá que abrir mão de uma série de coisas.

Uma vez que você pára de se desculpar por quem você é e começa a refletir sobre as escolhas que o levaram aonde você está, você evoluirá para a pessoa que pretende ser.

[RELACIONADO] 9 coisas que eu me arrependo de não ter feito aos 20 e poucos

4. Na verdade, os 30 são apenas um número

Vamos ser honestos — chegar aos 30 anos não é nenhum indício que que você perdeu tempo em sua vida. Pode ser que você tenha arrependimentos, mas isso deve servir como aprendizado para tudo o que você ainda pode viver.

Photo by Johannes Wredenmark on Unsplash

Lembre-se de que tudo o que você fez teve um propósito e o levou a esse momento por um motivo. Embora você não perceba o que esse motivo pode ser agora, é importante ser gentil com você mesmo e se orgulhar da pessoa que você se tornou.

A jornada da vida não se trata apenas do sucesso profissional que conquistamos, se nos casamos, ou se nos enriquecemos, trata-se das experiências que acumulamos, para garantir que cada dia será mais apreciando com base no que aprendemos.

5. Estou preparada para o que vier

Uma das maiores vantagens de chegar mais próximo dos 30 é saber que tudo acabará bem.

Em algum momento aos 20 e poucos anos, você deve ter experimentado algum tipo de dor intensa e recorrente. Você pode ter acreditado que o mundo iria acabar naquele momento. Com o passar do tempo, você percebe que a situação era:

A) uma lição disfarçada; ou

B) uma lição que precisava ser aprendida.

De qualquer forma, você ganhou experiências de vida suficientes para fazer com que você se sinta confortável ao saber que pode lidar com quase tudo o que vier em seu caminho.

Além disso, você continuará ganhando sabedoria, aceitando as coisas que você não pode mudar, e mostrando gratidão quando as coisas correm bem — tudo isso sempre será algo que apenas o tempo pode nos ensinar.

Quais são as razões pelas quais você não tem medo de chegar aos 30 anos de idade? Me conta nos comentários?

2 comentários

Deixe um comentário