A maioria dos adultos não conseguia entender as nossas prioridades.

Deixe um comentário